X

Últimas Notícias

Conheça as causas e as prováveis soluções para piscinas com água turva

Um dos problemas mais recorrentes nas piscinas é a turbidez na água. No entanto, diferentemente do que pensam algumas pessoas, as causas desse incômodo podem ser variadas, já que, além das algas verdes, existem outros fatores que podem deixar a água turva.

Por isso, vamos mostrar a seguir quais são os 3 principais causadores da turbidez na água das piscinas e quais as prováveis soluções para esses problemas. Acompanhe e aprenda a deixar a sua piscina com a água sempre limpa e transparente!

Presença de algas verdes

Quando a água está esverdeada e tanto a superfície da piscina quanto as suas paredes estão escorregadias, o problema em questão certamente é a presença de algas verdes. Esses vegetais chegam às piscinas por diversas maneiras e se proliferam principalmente devido à falta de um bom sanitizante na água.

Para evitar e se livrar desse problema, é necessário adotar medidas que deixem a piscina totalmente protegida, como ajustar o pH e esfregar as paredes e a superfície com materiais apropriados. Todos os detalhes sobre esse assunto, inclusive como eliminar esses vegetais, estão nesse artigo sobre as algas verdes que fizemos recentemente.

Desequilíbrio químico da água

O desequilíbrio químico da água é responsável por deixá-la turva e leitosa. Isso ocorre porque essa instabilidade química gera a supersaturação da água (insolubilidade do carbonato de cálcio presente naquela água).

Para solucionar esse problema é necessário fazer o balanceamento químico da água, fazendo com que o Índice de Langelier fique entre -0,5 e 0,5. Para isso, é preciso corrigir o pH e a dureza, deixando-os dentro dos níveis indicados.

Filtração imprópria

Quando a água está opaca e sem brilho e a causa disso não é nenhuma das supramencionadas, é provável que falhas na filtração da piscina sejam as responsáveis pelo problema. Nesse caso, são diversas as possibilidades, sendo que as principais falhas em relação à filtração que podem prejudicar a qualidade da água são:

Filtro ou bomba com tamanhos insuficientes

Principalmente quando se trata de uma piscina com grande volume, o problema pode ser no tamanho do filtro. Por isso, quando a filtração não está sendo adequada devido a esse fator, é necessário trocar o filtro por um maior ou instalar mais um.

Isso também vale para a bomba de filtração quando ela não está desempenhando sua função adequadamente. É importante destacar que, para o correto funcionamento, os tamanhos desses dois itens devem ser compatíveis.

Pouco tempo de uso

Usar o filtro por um tempo inferior ao indicado para o volume da piscina pode não gerar o efeito suficiente para deixar a água realmente limpa. Por isso, é necessário saber exatamente quantas horas deve durar a filtração para que a água fique totalmente transparente e brilhosa.

Meio filtrante defeituoso ou sujo

Quando o meio filtrante está sujo ou com defeito, consequentemente, a filtração não acontece da forma mais adequada. Por isso, no primeiro caso, é necessário fazer uma limpeza para que tudo volte a funcionar corretamente. Já quando há algum defeito no meio filtrante, é preciso tentar consertá-lo ou até mesmo trocá-lo.

Tubulações com diâmetros pequenos

Quando o diâmetro da tubulação (tanto o de sucção como o de retorno) é pequeno, podem ocorrer problemas durante a filtração. Assim, quando for viável, é indicado aumentá-los para que a água seja filtrada da forma mais correta e fique realmente limpa.

Para concluir, vale destacar que, como foi possível acompanhar durante o artigo, livrar-se dos causadores da turbidez na água não é algo tão complexo. Dessa forma, basta que você tome os devidos cuidados para que sua piscina esteja sempre em perfeitas condições, inclusive com a água totalmente transparente.

Veja aqui como deixar sua piscina limpa e saudável com o Ozônio.