X

Últimas Notícias

Veja como evitar infecções nos ouvidos em decorrência do uso da piscina

Como já destacamos em outros textos do nosso blog, para que seja possível se divertir à vontade na piscina sem ter nenhum tipo de incômodo, é necessário utilizar um método de tratamento que deixe a água realmente limpa. Do contrário, os banhistas estarão expostos a vários riscos como, por exemplo, as infecções nos ouvidos, denominadas de otites.

Comuns em usuários de piscinas, principalmente nas crianças, elas são extremamente incômodas, independentemente da idade da vítima. Por isso, mostraremos a seguir as principais informações sobre as otites. Leia com atenção e veja como se prevenir desse problema ao utilizar a piscina!

O que é otite?

Otite é o termo utilizado para designar toda infecção nos ouvidos. Porém, existem dois tipos: otite externa e otite média. No primeiro caso, a inflamação ocorre no canal auditivo e é mais comum nas épocas mais quentes do ano. Já a otite média, que é mais recorrente nos meses com temperaturas amenas, acontece no ouvido médio, onde está a tuba auditiva.

Em ambos os casos, os sintomas mais comuns são a ocorrência de fortes dores, perda parcial da audição, febre e secreção local. Este último sintoma é mais comum no caso da otite média. A ocorrência de qualquer um dos dois tipos deve ser motivo de uma ida ao médico, pois remédios caseiros ou a utilização de cotonetes para tentar limpar a região, por exemplo, pode piorar o problema, levando o indivíduo até mesmo a perder a audição.

Quais são as causas das otites?

A otite externa está relacionada principalmente ao acúmulo de água ou excesso de umidade. O uso demasiado de cotonetes também causa a inflamação, já que gera traumas no canal auditivo.

Por outro lado, a otite média é mais grave exatamente por ser causada devido a alergias e também por bactérias (Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae…) e vírus (sincicial respiratório, influenza…).

Como se proteger das infecções nos ouvidos em decorrência do uso da piscina?

A piscina pode ser a “causa” da doença especialmente no caso da otite média, já que bactérias e vírus são comuns em águas que não são tratadas adequadamente. Por isso, é essencial utilizar um método de tratamento que combata as bactérias e os vírus de maneira eficiente. Nesse sentido, a melhor opção disponível no mercado atualmente é o Ozônio para piscina, que tem um excelente poder oxidante e de desinfecção.

Além de combater as bactérias e os vírus causadores das otites, o Ozônio para piscina também elimina as cloraminas e quaisquer outros agentes que ofereçam riscos à saúde dos banhistas. Ou seja, adultos e crianças podem desfrutar da piscina sem terem preocupações em relação a doenças ou qualquer outro problema referente à qualidade da água.

A Q1 Ambiental é especialista na fabricação de geradores de Ozônio. Acesso nosso site e veja de quais formas podemos lhe ajudar a deixar sua piscina sempre limpa e protegida!