X

Últimas Notícias

Você sabia que o ozônio para piscina elimina diversas bactérias?

  O contato com diversos tipos de bactérias em nosso dia a dia é inevitável. Aliás, é inevitável e até necessário, pois existem algumas bactérias benéficas ao nosso organismo (bactérias do bem). Por outro lado, há também aquelas que causam doenças, sendo que algumas podem estar presentes na água de piscinas que não são tratadas adequadamente. Nesse sentido, recentemente, publicamos no nosso blog alguns artigos que falam sobre doenças que podem ser contraídas na piscina e têm as bactérias como agentes causadores, como a conjuntivite e as infecções nos ouvidos (otites). No entanto, sempre que falamos sobre essas enfermidades, também destacamos que todas elas podem ser evitadas se a água for tratada com o Ozônio para piscina. Por isso, hoje não destacaremos as doenças causadas pelas bactérias, mas sim os motivos pelos quais esse método de tratamento da água é tão eficiente contra elas e contra tantas outras impurezas. Acompanhe e veja como deixar a sua piscina sempre protegida!   O Ozônio tem um grande poder oxidante e é um excelente germicida   Muitas sujeiras presentes nas piscinas podem ser eliminadas através de uma ação de oxidação. Logo, por ser um ótimo oxidante, o Ozônio consegue combatê-las de forma extremamente eficiente. Todavia, existem micro-organismos como, por exemplo, os vírus, os fungos e, principalmente, as bactérias, que só são eliminadas por um agente germicida. Porém, raramente existe um método de tratamento da água que desempenhe paralelamente as funções de oxidante e de germicida. Mas sim, esse é o caso do Ozônio. Por isso, ele combate as bactérias que causam as doenças citadas no começo do texto e vários outros micro-organismos que possam oferecer risco aos banhistas. O Ozônio para piscina também combate as cloraminas Nem todos métodos de tratamento de água são capazes de eliminar todos os tipos de impurezas que podem ser encontradas em piscinas. Além disso, alguns tratamentos não combatem as cloraminas, que são geradas a partir da reação do cloro com materiais orgânicos (urina, suor, cremes, bronzeadores…) presentes na água. Ou seja, os usuários da piscina continuarão sujeitos a alguns desconfortos e riscos. Vale sempre a pena lembrar que é importante o uso de um oxidante residual na piscina, como o cloro…. Contudo, quando o tratamento aplicado na água é o Ozônio, além de haver uma completa eliminação de todas as outras impurezas, as cloraminas também são combatidas de maneira definitiva. Este método é ecologicamente correto Por ser produzido a partir do Oxigênio e, após agir purificando a água, voltar ao seu estado de origem, o Ozônio, diferentemente de alguns outros métodos, não deixa resíduos na natureza. Por ter essas características, é inquestionável que o Ozônio para piscina é uma alternativa extremamente eficiente para o tratamento da água. Com sua utilização, todos os organismos potencialmente danosos aos banhistas são eliminados. Ou seja, a água da piscina fica limpa, cristalina totalmente saudável. Quer saber mais detalhes sobre o Ozônio? Então acesse o site da Q1 Ambiental e confira todas as informações! Somos especialistas no assunto!